Quem eram os gentios na Bíblia?

Os gentios eram todos os povos que não eram judeus. Um judeu não devia casar com um gentio, porque os gentios não adoravam a Deus nem obedeciam à Lei de Moisés. Um gentio podia se converter ao judaísmo. A Bíblia tem vários exemplos de gentios tementes a Deus.

Gentios podiam conviver com judeus?

Sim, gentios podiam conviver com judeus, fazendo negócio e morando entre eles. A Lei de Moisés não permitia maltratar estrangeiros (Levítico 19:33-34). Mas um gentio não tinha o mesmo estatuto que um judeu: não podia casar com um judeu nem entrar no templo. Se um gentio se convertesse ao judaísmo e fosse circuncidado, ficaria mais integrado na comunidade e seus bisnetos seriam considerados judeus de pleno direito (Deuteronômio 23:7-8).

Por causa das regras de dieta, os judeus não comiam na casa de gentios, que comiam alimentos “impuros”. Como os gentios não guardavam as leis de pureza judaicas, os judeus consideravam-nos impuros e desprezavam-nos. Se misturar muito com gentios era visto como sinal de contaminação com “o mundo” e afastamento de Deus.

A Bíblia tem bons e maus exemplos de gentios. As esposas estrangeiras de Salomão o levaram à idolatria e muitos povos pagãos tentaram destruir a nação de Israel (1 Reis 11:4-5). Por outro lado, alguns gentios foram um exemplo de fé, como Rute, que preferiu seguir a Deus que voltar para seu povo.

Veja aqui a história de Rute.

Ainda há distinção entre judeu e gentio?

Não, quando Jesus veio Ele aboliu todas as distinções entre pessoas. A salvação é para todos. Os primeiros cristãos tiveram alguma dificuldade em entender isso de início. Os cristãos judeus pensaram que a salvação não era para os gentios. Depois pensaram que os cristãos gentios deviam obedecer as leis judaicas para serem salvos. Os cristãos gentios não sabiam distinguir o que deviam ou não deviam cumprir.

Veja também: quem eram os zelotes na Bíblia?

Os apóstolos reforçaram o ensino de Jesus: a salvação é para todos sem distinção (Romanos 3:29-30). Os rituais de purificação judaicos já não precisavam ser feitos, porque Jesus nos purificou perfeitamente. Já não havia judeu e gentio. O foco mudou de não se contaminar com o mundo para contaminar o mundo com Jesus.