Quem escreveu o livro de Provérbios?

O livro de Provérbios foi escrito por vários autores. Trata-se de uma compilação de ditados de vários sábios da antiguidade sendo o rei Salomão o autor de maior destaque do livro.

Apesar do rei Salomão ter escrito a maior parte do livro de Provérbios, há contribuições de outros sábios como: Agur (capítulo 30), o rei Lemuel de Massá (capítulo 31) e o rei Ezequias de Judá (capítulos 25 e 29), que também fez a transcrição e a compilação dos provérbios.

O livro de Provérbios foi elaborado entre o reinado do rei Salomão em 970 a.C, até sua a compilação pelo rei Ezequias em 686 a.C, num período aproximado de 300 anos. Apesar de diversos autores o livro de provérbios é popularmente conhecido como 'Provérbios de Salomão'.

O livro de Provérbios na Bíblia

O livro de Provérbios é o 20º livro do Antigo Testamento. É um dos livros poéticos e sapienciais da Bíblia. Os livros sapienciais têm a finalidade de transmitir sabedoria e conhecimento através da experiência acumulada ao longo da vida.

No livro de Provérbios podemos refletir sobre assuntos que tocam diretamente nossas vidas: amizade, trabalho, família, relacionamento, dinheiro, caráter, saúde, dentre outros assuntos. Esses e outros temas são refletidos através da sabedoria divina de Deus.

Todos os temas têm como base fundamental a sabedoria e o temor a Deus (Provérbios 9:10). A estrutura literária na forma de instrução e ditado faz com que os provérbios sejam de fácil entendimento e aplicáveis no dia a dia.

Ao meditarmos neste livro, temos os elementos necessários para buscarmos a sabedoria de Deus que está acima da sabedoria humana. A busca pela sabedoria de Deus é benéfica, nos dá uma maior intimidade com Ele e nos faz andar segundo o seu propósito (Tiago 3:17).

Veja mais: Como receber a sabedoria de Deus?

Assim como toda a Bíblia, o Livro de Provérbios atravessa séculos, povos, culturas e continua sendo atual e eficaz na edificação do crente. Quem lê este livro e aplica seus ensinamentos é sábio e teme a Deus!

De onde veio a sabedoria de Salomão?

A Bíblia diz que o rei Salomão era o homem mais sábio de todo o oriente e tinha consigo mais sabedoria do que todo o conhecimento do Egito (1 Reis 4:30). Toda a sabedoria que o rei Salomão adquiriu foi dada por Deus.

Depois de um grande sacrifício ofertado pelo rei, Deus apareceu a Salomão dando-lhe a liberdade de pedir qualquer coisa para si. Diante da oportunidade o rei escolheu por ter sabedoria para governar o seu povo (2 Crônicas 1:10). Deus não só o abençoou com sabedoria, mas lhe deu ainda mais riquezas, bens e honra (2 Crônicas 1:12).

Saiba mais: Quem foi o rei Salomão?

A sabedoria que Salomão recebeu de Deus era extraordinária, o rei tinha conhecimento em várias áreas do saber. Ele compôs mais de 3000 provérbios (a maioria não faz parte do livro de Provérbios) e 1005 cânticos. Além disso, realizou estudos sobre o cedro do Líbano até o hissopo que brota nos muros. Também discorreu sobre os quadrúpedes, as aves, os répteis e os peixes (1 Reis 4:32-33).

Salomão construiu jardins e levantou o Primeiro Templo de Jerusalém que fora o desejo do seu pai Davi. Além de reunir muitos provérbios, escreveu e patrocinou outros livros e trechos bíblicos como: o livro de Eclesiastes, o Cântico dos Cânticos, Salmos 72 e Salmos 127.