Quem foi o rei Salomão?

O rei Salomão foi o rei mais sábio de Israel. Ele era filho do rei Davi e construiu o primeiro templo de Jerusalém. Durante seu reinado, Israel viveu uma época de grande paz e prosperidade.

Salomão começa a reinar

Salomão era filho de Davi com Bate-Seba, depois que casaram. Deus prometeu que, de todos os filhos de Davi, Salomão seria seu sucessor (1 Crônicas 22:9-10). Quando Davi estava muito velho, Adonias, outro filho seu, se proclamou rei. Então Davi tomou ação e mandou proclamar Salomão rei. Salomão acabou com a oposição e seu reinado ficou estabelecido.

Veja também: quem foi Davi na Bíblia?

Salomão obedecia a Deus, como seu pai Davi. Um dia Deus apareceu a Salomão num sonho e lhe disse que podia pedir o que quisesse (1 Reis 3:5). Salomão pediu sabedoria para governar bem. Isso agradou a Deus, que lhe deu muita sabedoria e também riquezas, fama e vida longa.

Salomão provou que era sábio quando resolveu uma disputa entre duas prostitutas. Cada uma tinha um bebê mas um tinha morrido. As duas diziam ser a mãe do filho vivo e não havia forma de saber quem dizia a verdade. Então Salomão mandou cortar o menino vivo a meio e dar metade a cada uma. A mulher que não era a mãe concordou mas a verdadeira mãe implorou pela vida do filho (1 Reis 3:24-26). Assim, Salomão entregou o filho à mãe verdadeira.

As obras de Salomão

Salomão administrou Israel muito bem e ficou muito rico. Ele investiu em obras públicas em várias cidades de Israel e desenvolveu o comércio internacional. Salomão construiu um palácio para si e fez um grande templo para Deus em Jerusalém.

Israel viveu em paz com seus vizinhos durante o reinado de Salomão. Ele estabeleceu alianças e tratados comerciais com vários países. Sua fama se espalhou e pessoas de muitos lugares vinham provar sua sabedoria. A visita mais ilustre foi a rainha de Sabá, que ficou impressionada com a sabedoria e a riqueza de Salomão (1 Reis 10:4-5).

Salomão tinha muitos interesses. Ele construiu jardins e estudou plantas e animais. Também escreveu e juntou muitos provérbios (1 Reis 4:32). Salomão escreveu ou patrocinou:

A velhice de Salomão

Na sua velhice Salomão se desviou de Deus. Ele tinha casado com muitas mulheres estrangeiras que adoravam outros deuses. Para agradar suas mulheres, Salomão construiu altares a esses deuses e se esqueceu do Deus verdadeiro (1 Reis 11:4).

Por causa de seu pecado, Deus levantou adversários contra Salomão (1 Reis 11:10-11). Um desses adversários foi Jeroboão, que mais tarde dividiu o reino de Israel em duas nações: Israel e Judá. Jeroboão se tornou rei de Israel e Roboão, filho de Salomão, se tornou rei de Judá.

Salomão era muito sábio mas ele acabou se desviando da fonte de toda a sabedoria: Deus (Provérbios 9:10). Por causa disso, ele perdeu a sabedoria para manter a paz e não conseguiu ensinar sabedoria a seu filho, que perdeu grande parte do reino.