Quem foi a esposa de Caim?

A Bíblia não diz quem foi a esposa de Caim. Essa informação não é relevante para a história. Caim provavelmente se casou com uma irmã ou sobrinha sua. Adão e Eva tiveram outros filhos além de Caim, Abel e Sete.

A Bíblia diz que todas as pessoas do mundo são descendentes de Adão e Eva (Gênesis 3:20). Por isso, a esposa de Caim deve ter sido seu parente. Para entender melhor de onde veio a esposa de Caim, vamos ver a cronologia dos eventos na Bíblia:

  1. Adão e Eva foram expulsos do Éden
  2. Adão teve relações com Eva e Caim nasceu (Gênesis 4:1) – outras traduções dizem que Adão “conheceu” Eva; nesse contexto “conhecer” significa ter relações
  3. Eva teve outro filho – Abel (Gênesis 4:2)
  4. Caim e Abel cresceram e seguiram diferentes profissões
  5. Caim e Abel ofereceram sacrifícios a Deus mas Deus rejeitou o sacrifício de Caim
  6. Caim ficou com inveja de Abel e o matou (Gênesis 4:8)
  7. Deus confrontou Caim e o expulsou da terra de seus pais
  8. Caim fugiu para um lugar chamado Node (Gênesis 4:16)
  9. Adão e Eva tiveram outros filhos e filhas depois da morte de Abel (Gênesis 4:25; Gênesis 5:4)
  10. Caim teve relações com sua mulher e ela teve um filho (Gênesis 4:17) – novamente aqui algumas traduções usam “conhecer” com o sentido de ter relações

Veja aqui por que Deus rejeitou o sacrifício de Caim.

A Bíblia não diz quanto tempo passou entre esses eventos nem tudo que aconteceu pelo meio. Por exemplo, a Bíblia conta sobre o nascimento de Abel logo depois do nascimento de Caim sem dizer que entre os dois eventos passaram pelo menos 9 meses. A Bíblia não diz:

  • Quando Caim se casou
  • Se Adão e Eva tiveram outros filhos e filhas antes de Sete – Caim parece implicar que tinha outros parentes que o poderiam matar mas a Bíblia não é clara (Gênesis 4:13-14)

Veja também: o que era a marca de Caim?

O mais provável é que Caim tenha se casado com uma de suas irmãs. Se ele se casou muito tarde, ele pode ter se casado com uma sobrinha ou com uma irmã que nasceu depois de Sete. Naquele tempo o casamento entre irmãos era necessário porque não havia outras opções.