Quem foi Urias?

Urias foi um grande guerreiro no exército do rei Davi. Ele era leal e corajoso mas Davi cometeu adultério com sua esposa e mandou matar Urias para encobrir o pecado. Urias morreu por ser fiel.

Urias era hitita, um estrangeiro, mas ele não adorava os deuses pagãos de seu povo. Urias era fiel a Deus e ao rei Davi. Ele lutava no exército de Davi e era contado entre seus soldados mais valentes.

Davi trai Urias

Urias tinha uma esposa muito bonita chamada Bate-Seba. Em certa ocasião, Urias e todo o exército israelita saíram para lutar contra os amonitas mas o rei Davi ficou em Jerusalém. Uma tarde, em um passeio, Davi espiou Bate-Seba se banhando e a chamou ao seu palácio. Mesmo sabendo que era a esposa de Urias, Davi teve relações com Bate-Seba (2 Samuel 11:2-4).

Veja também: por que Deus escolheu Davi?

Algum tempo depois, Bate-Seba enviou um recado a Davi dizendo que estava grávida de seu filho. O pecado de Davi iria ser revelado. Então Davi mandou chamar Urias da frente de combate para relatar como a batalha corria. Depois de ouvir o relatório, Davi enviou Urias para casa, para dormir com Bate-Seba. Assim iria parecer que o filho era de Urias. No entanto, Urias escolheu dormir com os guardas no palácio (2 Samuel 11:7-9).

No dia seguinte, Davi lhe perguntou porque não tinha voltado para casa para descansar. Urias respondeu que o resto do exército estava acampado, dormindo em condições difíceis. Seria injusto se ele, sendo soldado exemplar, desfrutasse privilégios que seus companheiros não podiam ter (2 Samuel 11:11).

Vendo a lealdade de Urias aos seus soldados, Davi decidiu embriagá-lo. Mas, mesmo embriagado, Urias escolheu dormir com os guardas outra vez. Urias era homem de palavra!

A morte de Urias

Em uma última tentativa para encobrir sua traição, Davi enviou Urias com uma carta ao comandante do exército, que mandava orquestrar a morte de Urias (2 Samuel 11:14-15). Sem saber, Urias levou sua própria sentença de morte.

Urias morreu em batalha, porque foi colocado em um lugar perigoso sem apoio (2 Samuel 11:16-17). Passado o tempo de luto, Davi casou com Bate-Seba e assumiu a criança. Mas Deus não se agradou da atitude de Davi. Ele era rei e tinha tudo que queria mas roubou a esposa de um soldado fiel e ainda mandou matar Urias! Davi se arrependeu e Deus o perdoou. Mesmo assim, Deus castigou Davi com a morte do bebê e problemas na família (2 Samuel 12:8-10).

Descubra também: 3 influências positivas na vida de Davi.

O que aprendemos com Urias?

A atitude de Urias contrastava com Davi nessa altura de sua vida: Urias queria voltar ao trabalho, Davi queria ficar em casa; Urias era fiel a Davi, Davi estava traindo Urias; Urias exercia domínio próprio, Davi se deixou dominar pelo desejo... A vida de Urias nos mostra que:

  • Bons exemplos incomodam – é difícil ignorar um bom exemplo; pessoas como Urias ressaltam nossa necessidade de mudar de atitude mas muitas vezes agimos como Davi e não aceitamos a mensagem
  • Injustiças acontecem – Urias não merecia ser traído nem morrer; ele morreu por causa do pecado de Davi; na vida nem sempre as pessoas recebem o que merecem
  • Deus está vendo – Deus nos dá liberdade para fazermos o que queremos mas tudo tem consequências; Deus não deixa o pecado impune nem ignora o sofrimento dos justos