O que é a septuaginta?

A septuaginta é uma das primeiras traduções do Antigo Testamento. De acordo com algumas fontes históricas, nos três séculos antes da vinda de Jesus, os livros do Antigo Testamento foram traduzidos do hebraico para o grego. Essa tradução grega ficou conhecida como a septuaginta.

O que significa septuaginta?

A palavra “septuaginta” vem de “setenta” em grego. De acordo com a tradição, essa tradução foi feita por 70 (ou 72, dependendo da versão da história) sábios judeus na cidade de Alexandria, no norte do Egito. Por isso, a tradução ficou conhecida como a septuaginta, ou LXX (70 em numeração romana).

Depois que Alexandre o grande conquistou o império persa, incluindo o território de Israel, o grego se tornou a língua internacional da região. Muitos judeus que nasceram e cresceram em outras regiões não sabiam falar nem ler hebraico. Por isso, não podiam ler as Escrituras. Daí surgiu a necessidade de traduzir o Antigo Testamento para grego.

Veja também: quando foi escrita a Bíblia?

De acordo com uma versão da história, o rei do Egito, Ptolomeu II Filadelfos, encomendou a tradução do Antigo Testamento para integrar a famosa biblioteca de Alexandria. Não é possível confirmar essa história mas a tradução provavelmente começou nessa época (século III a.C.).

A septuaginta é uma tradução de confiança?

A septuaginta tem vários níveis diferentes de qualidade. Essa tradução foi feita por várias pessoas com capacidades diferentes, ao longo de bastante tempo, e sofreu várias revisões ao longo dos séculos.

A tradução septuaginta provavelmente começou com os primeiros cinco livros da Bíblia, conhecidos como a Torá, que são a base essencial de toda a Bíblia. Esses livros foram traduzidos bastante bem, com rigor e cuidado.

Leia aqui mais sobre a Torá.

Os outros livros do Antigo Testamento e os livros apócrifos provavelmente foram traduzidos nos séculos I e II a.C., em várias etapas diferentes. A qualidade da tradução desses livros varia muito. Por exemplo, alguns foram traduzidos muito literalmente, enquanto outros foram parafraseados (refletem mais a interpretação do tradutor que o texto original).

Descubra aqui: o que são os livros apócrifos?

Qual é a importância da septuaginta?

A septuaginta era uma tradução muito popular no tempo de Jesus e dos apóstolos. O Novo Testamento muitas vezes cita a versão septuaginta do Antigo Testamento, em vez do hebraico. Isso mostra que em vários lugares a septuaginta era a versão mais conhecida do Antigo Testamento.

Veja aqui: Jesus falava que língua?

A septuaginta também facilitou a evangelização, porque muitas pessoas falavam grego e, por isso, podiam ler o Antigo Testamento e ver como Jesus cumpria as profecias. Além disso, a septuaginta é útil para tradutores modernos, porque ajuda a esclarecer o significado de passagens obscuras ou palavras desconhecidas em hebraico.