O que é a soberania de Deus?

A soberania de Deus é Seu poder e domínio sobre toda a criação. Tudo que existe está debaixo do poder de Deus. Nada acontece sem a permissão de Deus e nada pode impedir Deus de cumprir Seus planos.

Deus é o soberano, o Rei, a autoridade suprema sobre tudo que existe e acontece. Ele criou tudo de acordo com Sua vontade e fez planos que não podem ser destruídos (Salmos 33:10-11). E Como soberano, Ele estabelece as leis de nosso mundo e garante a aplicação da justiça. Ele também tem poder para perdoar e interferir no mundo quando e como quer. Esse é o significado da soberania de Deus.

A soberania de Deus e o livre-arbítrio

A Bíblia diz que Deus é soberano e que nós temos livre-arbítrio (a capacidade de tomar decisões). Não somos fantoches. Nossas ações são importantes e trazem consequências reais. Somos responsáveis por nossas ações (Romanos 2:6-8). No entanto, Deus já sabe tudo que vai acontecer e promove Seus planos. Nossos planos não conseguem nunca destruir o plano último de Deus (Jó 42:2).

Veja aqui: o que é a predestinação?

Existe muito debate sobre como é possível Deus ser soberano e nós termos capacidade de fazer escolhas reais, sem sermos “obrigados” por Deus a escolher o que Ele quer. Podemos não entender isso mas a Bíblia é clara: ao mesmo tempo, nós somos responsáveis por nossos atos e Deus é soberano sobre tudo.

Uma forma de ver essa relação poderá ser assim: talvez a vontade soberana de Deus seja que nós tenhamos livre-arbítrio (Deuteronômio 30:15). Deus é soberano porque Ele concede o privilégio de escolher e define o que podemos escolher e as consequências de nossas ações. Ao mesmo tempo, Deus tem todo poder e direito de ajustar situações de acordo com Seus objetivos maiores.

De qualquer forma, a soberania de Deus e nossas escolhas se combinam em uma relação complexa e misteriosa.

Veja também: o que Deus diz sobre o livre-arbítrio?

A soberania de Deus e o sofrimento

Deus não se alegra com a injustiça nem o sofrimento (Salmos 5:4). Ele ama cada pessoa e quer o seu bem. Mas, se Deus é soberano e quer o melhor para nós, por que permite o sofrimento? Deus causa o sofrimento?

A Bíblia diz que Deus estabeleceu regras para obedecermos. Desobedecer às regras causa sofrimento. Mas também existem pessoas inocentes que sofrem injustamente. Isso é a vontade de Deus? Não necessariamente.

No livro de Jó temos o exemplo de um homem bom que sofreu injustamente. Esse sofrimento foi causado por satanás, não por Deus. Para provar que Jó era realmente fiel, Deus permitiu que satanás o machucasse (Jó 1:12). Deus é soberano mas, em Sua soberania, Ele permite que outros agentes tenham capacidade de escolha, mesmo se essa escolha machuca outras pessoas.

Leia aqui mais: por que Deus permitiu que Jó sofresse?

No caso de Jó, Deus limitou a ação de satanás. Depois, Ele mudou a situação, para o bem de Jó. Deus mostrou que Ele pode usar até as ações e os desejos de Seus inimigos para cumprir Sua vontade (Romanos 8:28). Podemos não entender por que Deus permite tanto sofrimento no mundo mas podemos ter a confiança que Ele está no controle e vai restaurar todas as coisas, ao mesmo tempo nos dá o privilégio de tomarmos decisões relevantes.