3 lições importantes que Lucas nos ensina

Lucas é mais conhecido pelos livros que escreveu. Deus o inspirou a escrever dois livros da Bíblia. Não sabemos muito sobre sua vida mas podemos aprender três lições muito valiosas com Lucas:

1. Fama não é tudo

A Bíblia não fala quase nada sobre Lucas. Não há nenhuma citação de algo que Lucas disse nem relato das obras que fez. Apenas sabemos que era um médico que acompanhou Paulo em algumas de suas viagens. Mas o legado de Lucas foi impressionante.

Lucas escreveu dois livros: o Evangelho de Lucas e Atos dos Apóstolos. Ele não foi o protagonista de nenhum desses dois relatos. Em vez de pensar só em sua própria fama, Lucas pensou em o que seria útil para todos. Lucas deu a glória a Deus e Deus usou Lucas para abençoar todos que lêem a Bíblia!

Lucas não é famoso mas seu legado continua vivo até hoje. Deus honra aqueles que, como Lucas, não procuram sua própria glória mas procuram fazer a vontade de Deus (Provérbios 15:33).

Veja aqui: quem foi Lucas na Bíblia?

2. O valor da amizade

Paulo era famoso. Ele era um apóstolo que abria muitas igrejas e até fazia milagres. Mas, em certa ocasião, ele se encontrou preso, sozinho e sem ninguém para o apoiar em sua defesa no tribunal. Apenas Lucas estava com ele (2 Timóteo 4:9-11).

Lucas foi um verdadeiro amigo para Paulo. Não sabemos o que fez mas sabemos o que não fez – não abandonou seu amigo. Na hora de maior necessidade, quando não havia mais ninguém, Lucas esteve lá para apoiar Paulo. Estar presente para ajudar na hora da necessidade pode fazer toda a diferença na vida de um amigo (Provérbios 17:17).

Veja também: o que a Bíblia diz sobre a amizade?

3. Quem procura a verdade encontra

Para escrever seus relatos sobre a vida de Jesus e o início da igreja, Lucas investigou tudo cuidadosamente. Ele queria que Teófilo e todos que lessem seus livros tivessem uma base sólida para acreditar em Jesus (Lucas 1:1-4). Lucas procurou a verdade e o resultado foi o relato mais detalhado da vida de Jesus, que confirma que ele é o salvador.

Nossa fé não precisa ser cega. A Bíblia diz que devemos analisar todas as coisas (1 Tessalonicenses 5:21). Investigar aquilo em que acreditamos, para confirmar se está certo é bom! Se cremos que Deus tem a resposta, isso não é falta de fé. Pelo contrário, fortalece a fé, porque Deus revela a verdade a quem procura.

Descubra aqui: é pecado questionar a Deus?