Quem eram os assírios na Bíblia?

Os assírios eram um povo violento e cruel que conquistou vários países, incluindo o reino de Israel. O império assírio foi a maior potência de seu tempo e foi usado por Deus para castigar os israelitas. O reino de Judá sobreviveu como vassalo do império assírio. Quando o império ruiu, os assírios foram conquistados pelos babilônios.

Os assírios eram de uma região a norte de Israel, que atualmente é o norte do Iraque. Sua capital era Nínive, que se situava perto da cidade moderna de Mosul. Entre 900 e 600 a.C., Os assírios conquistaram um vasto império, de um tamanho nunca visto antes, e dominaram politicamente toda a região à volta de Israel. O império assírio se tornou uma grande ameaça para os israelitas, que sofreram muitos ataques.

A força do império assírio estava no seu exército organizado e tecnologicamente avançado. Eles também usavam o terror para intimidar os inimigos, se tornando famosos por sua brutalidade contra quem derrotavam. Para manter os povos conquistados subjugados, os assírios criaram uma política de deportações. Eles obrigavam povos conquistados a viver em outras partes do império, perdendo sua identidade nacional e união para se revoltarem.

Veja aqui a história de Jonas em Nínive.

Os assírios atacam Israel

Depois do reinado de Salomão, os israelitas se dividiram em dois reinos: Israel, a norte, e Judá, a sul. Alguns dos reis de Judá foram bons mas todos os reis de Israel foram ruins. O povo se afastava cada vez mais de Deus e não escutava os avisos dos profetas, que chamavam para o arrependimento. Por isso, Deus avisou que iria castigar Seu povo, através da ação de um inimigo vindo do norte. Os israelitas não escutaram os avisos e continuaram em seus maus caminhos.

Os assírios começaram a expandir seu território e a atacar toda a região em volta de Israel. Os reis de Israel e Judá fizeram várias alianças com os assírios para manter sua independência, pagando-lhes tributos e jurando fidelidade. Mas Oséias, o último rei de Israel, traiu Salmaneser, o rei da Assíria, conspirando com o faraó do Egito (2 Reis 17:3-4).

Quando Salmaneser descobriu a traição, enviou seu exército para conquistar o reino de Israel. Os israelitas foram derrotados e deportados para outras partes do império assírio, onde acabaram por se misturar com outros povos, perdendo sua identidade (2 Reis 17:5-6).

O rei da Assíria repovoou a região de Israel com povos de outras partes do império. Essas pessoas misturaram suas crenças pagãs com a adoração a Deus (2 Reis 17:24; 2 Reis 17:32-33). Foi a partir dessas pessoas que surgiram o samaritanos, um grupo que seguia uma religião parecida com o Judaísmo, mas com algumas diferenças importantes.

Ezequias e os assírios

Depois da conquista de Israel, o reino de Judá continuou. Ezequias, rei de Judá, era temente a Deus e foi abençoado. Ele se rebelou contra o rei da Assíria, parando de pagar tributo. Por isso, os assírios atacaram Judá e sitiaram Jerusalém. Senaqueribe, o rei da Assíria, enviou uma mensagem arrogante a Ezequias insultando a Deus e dizendo que ninguém o poderia livrar de suas mãos (2 Reis 18:35).

O povo ficou desmoralizado mas Ezequias enviou mensageiros ao profeta Isaías para pedir ajuda a Deus. Suas orações foram respondidas e Deus prometeu livrar o reino de Judá das mãos dos assírios, para mostrar Seu poder (2 Reis 19:21-22). Senaqueribe ouviu que o rei do Egito estava vindo para lutar contra ele, então ele se retirou e levantou o cerco.

Mas Senaqueribe não desistiu. Ele voltou a sitiar Jerusalém mais tarde, prometendo acabar com Ezequias. Novamente Isaías profetizou a libertação da cidade e Deus matou 185 mil soldados assírios em uma única noite! Então Senaqueribe se retirou e voltou para Nínive. Lá, ele foi assassinado por dois de seus filhos (2 Reis 19:35-37).

Veja aqui mais sobre a história de Israel.

O fim dos assírios

Os assírios continuaram como uma ameaça ao reino de Judá até o surgimento do império babilônico. Os babilônios conquistaram o império assírio e puseram fim à sua dominância. Os assírios se tornaram mais um povo conquistado e desapareceram quase completamente.

Deus usou os assírios para castigar Israel mas também tinha avisado que iria castigar a Assíria por sua crueldade. Os assírios foram usados por Deus mas não tinham o coração voltado para Ele (Isaías 10:5-7). Seu objetivo nunca foi glorificar a Deus e eles cometeram pecados terríveis. Por isso, eles foram castigados e destruídos.