Qual o significado da parábola da casa edificada sobre a rocha?

A parábola da casa edificada na rocha fala sobre a importância de aplicarmos os fundamentos da palavra de Deus na nossa vida. Nesta parábola Jesus conta a história de dois homens: um prudente e o outro insensato. A passagem se encontra no evangelho de Mateus 7.24-29.

Na parábola são destacados dois personagens: o homem prudente e o insensato. Ambos os homens construíram suas casas. O homem prudente edificou sua casa sobre a rocha (Mateus 7:24) e o homem imprudente edificou a sua casa sobre a areia (Mateus 7:26).

Tanto a casa do prudente, quanto a do insensato tiveram as suas estruturas provadas. Ambas passaram por chuvas, transbordamentos e ventos (Mateus 7:25). A casa do insensato não foi capaz de resistir as intempéries, mas a casa que foi edificada na rocha conseguiu se manter preservada.

Veja mais sobre: Parábolas de Jesus

O que Jesus quis dizer com esta parábola?

Tanto no início quanto na parte final, Jesus explicou o que representavam esses dois personagens. O prudente representa todo aquele que ouve a palavra de Deus e pratica (Mateus 7:24). O insensato são aqueles que ouvem a palavra de Deus e não a poem em prática (Mateus 7:26).

Um ponto curioso é que tanto a casa do prudente quanto a casa do insensato passaram por tribulações. Não é pelo fato do homem prudente obedecer o Senhor que ele não passará por momentos difíceis. Jesus nos disse que passaríamos por momentos complicados na vida (João 16:33). Mas porque o prudente colocou em pratica a palavra de Deus, sua casa resistiu às tribulações.

Jesus explicou de uma forma bem clara que todo aquele que pratica a palavra de Deus tem condições de resistir às tribulações e aos desafios da vida. Momentos difíceis serão inevitáveis, mas aquele que construiu a sua casa na Rocha - que é Cristo - conseguirá permanecer de pé porque a sua estrutura está bem fundada.