João Batista ou Evangelista? Personagens bíblicos com o mesmo nome

Quantos homens chamados João você conhece? Ou Pedro? Nos tempos da Bíblia havia o mesmo problema. A situação se complicava ainda mais porque as pessoas normalmente só tinham um nome, não tinham nome de família. Às vezes distinguir quem é quem na Bíblia fica complicado, por isso criámos essa lista:

João Batista e João Evangelista (entre outros)

João era um nome popular no tempo de Jesus. João Batista era um parente de Jesus, filho da prima de Maria. Ele foi cheio do Espírito Santo desde o ventre e preparou o caminho para o ministério de Jesus, pregando o arrependimento. Esse João ficou conhecido como Batista porque batizava as pessoas que se arrependiam no rio Jordão.

Veja aqui a história de João Batista.

O João conhecido como Evangelista foi um dos 12 apóstolos de Jesus. Ele foi um dos apóstolos mais conhecidos e escreveu vários livros do Novo Testamento. João ficou conhecido como o Evangelista porque escreveu o Evangelho de João. Também escreveu as três cartas de João e o Apocalipse.

Além desses dois, a Bíblia fala sobre outro João, também conhecido como Marcos, ou João Marcos. Ele escreveu o livro de Marcos e trabalhou com Paulo, Barnabé e Pedro.

Veja também: quem foi João de Patmos?

Dois apóstolos chamados Simão

Simão era outro nome muito comum. Dois dos apóstolos de Jesus se chamavam Simão: Simão Pedro e Simão o zelote. O primeiro Simão teve seu nome mudado por Jesus para Pedro e esse foi o nome pelo qual ficou mais conhecido. Ele foi um dos grandes líderes na igreja primitiva e muitas vezes atuava como porta-voz dos apóstolos.

Leia aqui a história do apóstolo Pedro.

A Bíblia não nos dá detalhes sobre Simão o zelote. Como apóstolo, ele teria uma relação próxima com Jesus. Ele provavelmente ficou conhecido como zelote por uma afiliação anterior com o grupo religioso dos zelotes.

Além desses dois apóstolos, vários outros personagens menores se chamavam Simão:

  • O pai de Judas, o traidor
  • Um irmão de Jesus
  • Um fariseu que convidou Jesus para jantar
  • O homem que ajudou Jesus a carregar a cruz
  • Um praticante de magia que foi repreendido por Pedro
  • Um curtidor de couro, amigo de Pedro

Uma Tamar, outra Tamar

A Bíblia conta sobre duas mulheres chamadas Tamar, ambas com uma história trágica.

A primeira Tamar casou com o filho de Judá, um dos doze patriarcas. Seu marido morreu sem deixar filhos e ela casou com seu irmão, mas ele também morreu sem filhos. Como Judá não lhe dava o outro filho para casar com ela, como era costume, ela se vestiu de prostituta e enganou o sogro a se deitar com ela. Assim ela engravidou de gêmeos, que depois foram reconhecidos oficialmente como filhos de Judá.

A segunda Tamar era filha do rei Davi, muitos séculos depois. Seu meio irmão Amnom se apaixonou por ela e a violou. O rei Davi não fez nada para o castigar mas o irmão inteiro de Tamar, chamado Absalão ficou furioso e o matou. Essa situação gerou uma grande luta pelo poder entre Absalão e seu pai Davi. Absalão chamou sua filha de Tamar, provavelmente em honra à irmã.

Raabe: a prostituta e o monstro

Raabe foi uma prostituta que ajudou dois espiões israelitas, quando Josué se preparava para conquistar Jericó. Ela creu em Deus e, por causa de sua ajuda, os espiões prometeram poupar sua família. Raabe escapou do massacre em Jericó, casou com um israelita e se tornou uma das ancestrais de Jesus.

Veja aqui a história completa de Raabe.

Menos conhecido é outro Raabe, que por vezes aparece na Bíblia. Esse Raabe era um monstro marinho mitológico que era usado na Bíblia para representar poeticamente o Egito ou as forças do mal.

Lázaro: um real, outro não

A história de Lázaro é bastante conhecida – o amigo de Jesus, irmão de Marta e Maria, que morreu e foi ressuscitado por Jesus quatro dias depois. Sua ressurreição ficou tão famosa que os inimigos de Jesus também queriam matar Lázaro, para eliminar a evidência!

Esse Lázaro por vezes é confundido com um personagem fictício de uma das parábolas de Jesus. Nessa parábola, Jesus contou sobre um homem muito pobre chamado Lázaro que foi para o Céu, e seu vizinho rico que foi para o inferno. A parábola explica sobre a importância de crer na mensagem de Jesus, porque depois da morte é tarde demais.

Descubra mais sobre a parábola do rico e Lázaro.

Outros Judas (além do traidor)

O Judas mais famoso da Bíblia é Judas Iscariotes, o apóstolo que traiu Jesus e depois se enforcou. Mas ele não era o único Judas de seu tempo. Havia outro apóstolo chamado Judas, também conhecido como Tadeu.

Além desses dois apóstolos, várias outras pessoas tinham o nome Judas. Um dos irmãos de Jesus se chamava Judas, e ele escreveu a carta de Judas, que está no Novo Testamento.

veja também: por que Jesus escolheu Judas?

Várias Marias

É bastante fácil confundir todas as Marias na Bíblia, especialmente porque algumas andavam juntas! A Maria mais conhecida foi a mãe de Jesus, que engravidou do Espírito Santo quando ainda era virgem. Ela casou com José e, juntos, criaram o menino Jesus.

Várias mulheres chamadas Maria seguiam Jesus:

  • A irmã de Marta e Lázaro
  • Maria Madalena, de quem Jesus expulsou sete demônios
  • A esposa de um homem chamado Clopas

Além dessas, havia uma Maria que era a mãe de João Marcos. A igreja se reuniu em sua casa para orar quando Pedro foi preso.

Muitos Zacarias

Literalmente dezenas de homens na Bíblia se chamavam Zacarias! Mas existem três homens principais com esse nome:

  1. O profeta Zacarias, que viveu na época depois do exílio na Babilônia. Ele incentivou o povo a concluir a construção do novo templo. O profeta Zacarias também escreveu um livro profético com seu nome, que está no Antigo Testamento.
  2. Zacarias, o filho do sacerdote Joiada. Ele profetizou contra o rei Joás quando este se desviou de Deus. Por causa disso, Joás mandou assassinar Zacarias. Esse provavelmente é o Zacarias que Jesus mencionou, porque foi assassinado no templo.
  3. Zacarias, o pai de João Batista. Ele era sacerdote e um dia foi escolhido para oferecer o sacrifício a Deus. Lá ele viu o anjo Gabriel, que lhe disse que ele teria um filho a quem deveria chamar de João. O nascimento de João Batista foi um milagre porque tanto Zacarias como sua esposa Isabel eram idosos.