O que significa Jesus?

Jesus é a forma grega do nome hebraico Yeshua, ou Josué, e significa “o Senhor salva”. O seu nome aponta para aquilo que Ele veio fazer: salvar o mundo dos seus pecados.

Quando Maria ficou grávida, um anjo apareceu a José em sonho e lhe disse para chamar a criança Jesus, porque ele ia salvar o povo dos seus pecados (Mateus 1:20-21). Seu nome era mais um sinal que Jesus era o Messias, o Salvador prometido.

Jesus tinha sobrenome?

Não, Jesus não tinha sobrenome. No tempo de Jesus, era normal só ter um nome próprio, sem sobrenome. Para diferenciar pessoas com o mesmo nome, identificavam com:

  • Seu título – como “rei” ou “sacerdote”
  • Sua profissão – como “carpinteiro” ou “coletor de impostos”
  • Sua terra natal – como “gadareno” ou “de Nazaré”
  • Sua família – como “filho de Zebedeu” ou “filho do carpinteiro”
  • Suas caraterísticas físicas – como “o cego”

Jesus era um nome muito popular entre os judeus. Por isso, Jesus é identificado nos evangelhos como “o carpinteiro”, “o nazareno”, “filho do carpinteiro”, “filho de Maria” e “o Mestre”. Isso ajudava a distinguir Jesus de todos os outros homens com o mesmo nome.

Veja também: segundo a Bíblia, o que significa Rabôni?

Outros títulos de Jesus

Alguns títulos dados a Jesus na Bíblia são:

  • Emanuel – significa “Deus conosco” e revela que Jesus é Deus que veio à terra para estabelecer contato direto conosco.
  • Cristo/Messias – ambos significam “ungido”, em grego e hebraico, respetivamente. Descubra aqui: por que Jesus é chamado Cristo?
  • Filho do Homem – Jesus é completamente humano e serve como representante da humanidade perante Deus. Leia aqui mais sobre por que Jesus é chamado de Filho do Homem.
  • Filho de Deus – Jesus também é completamente Deus, unido a Deus Pai e representante de Deus na terra.