Quem foi Ló na Bíblia?

Ló foi o sobrinho de Abraão, que se estabeleceu na cidade de Sodoma. Ele era um homem bom mas a cidade onde morava era muito ruim. Por causa disso, Deus destruiu Sodoma mas poupou a vida de Ló.

Abraão era irmão do pai de Ló, que morreu em sua terra natal de Ur dos caldeus. Quando Abraão partiu em viagem, à procura da terra que Deus lhe tinha prometido, Ló foi com ele. Os dois se estabeleceram na terra de Canaã, que mais tarde se tornaria o país de Israel.

Ló se muda para Sodoma

Tanto Ló quanto Abraão eram muito ricos e tinham grandes rebanhos. Os animais precisavam de muito espaço para pastar e isso levou a desavenças entre os empregados dos dois homens. Por isso, Abraão sugeriu que não vivessem mais juntos, para evitar conflitos (Gênesis 13:8-9).

Abraão deixou Ló escolher onde queria ir, para ele depois seguir noutra direção. Ló viu que o vale do rio Jordão era muito fértil e bonito e decidiu se instalar nessa região (Gênesis 13:10-12). Ele montou suas tendas perto de uma das cidades da zona, chamada Sodoma, enquanto que Abraão ficou em Canaã.

Veja aqui a história de Abraão.

O ataque contra Sodoma

Depois que Ló se instalou na região do rio Jordão, os reis de Sodoma, Gomorra e algumas outras cidades se rebelaram contra o rei Quedorlaomer, a quem estavam sujeitos. Eles entraram em guerra mas Quedorlaomer venceu e saqueou Sodoma e Gomorra. Como Ló morava em Sodoma, ele foi levado entre os prisioneiros, junto com tudo que tinha (Gênesis 14:10-12).

Quando Abraão ouviu disso, ele juntou 318 guerreiros de sua casa e montou ataques de noite contra o exército inimigo. Assim, ele conseguiu derrotar os inimigos e salvou Ló e todos os outros prisioneiros (Gênesis 14:14-16). Quando voltou de sua vitória, Abraão foi abençoado por Melquisedeque e Ló voltou para Sodoma.

Descubra aqui: quem era Melquisedeque?

Ló foge de Sodoma

Algum tempo depois, Deus decidiu destruir Sodoma e Gomorra, por causa da maldade do povo. Ele contou Seu plano para Abraão, que pediu para não destruir os justos junto com os injustos. Por isso, Deus disse que se encontrasse dez homens justos lá, não iria destruir o povo. Como não encontrou dez, Deus mandou dois anjos para salvar a família de Ló, que era o único justo na cidade. Embora morasse lá, a maldade de Sodoma incomodava Ló (2 Pedro 2:7-8).

Quando os dois anjos chegaram em Sodoma já estava ficando de noite. Ló viu os dois homens e os convidou para passar a noite em sua casa. Mas, antes de irem dormir, todos os homens da cidade se juntaram à porta da casa de Ló e exigiram que ele entregasse os visitantes para terem relações com eles (Gênesis 19:4-5). Eles estavam tão pervertidos que queriam estuprar os forasteiros!

A lei da hospitalidade era muito importante nessa época e um hospedeiro não deveria deixar que nada de ruim acontecesse aos seus hóspedes. Por isso, Ló ofereceu suas próprias filhas no lugar dos visitantes, no seu desespero. Mas os homens não aceitaram e decidiram atacar Ló e entrar na casa à força. Então, os dois anjos feriram os homens de cegueira (Gênesis 19:9-11).

Os anjos explicaram para Ló que Deus iria destruir a cidade, por causa da maldade do povo, e lhe disseram para tirar sua família de lá. As duas filhas de Ló estavam prometidas em casamento a homens da cidade mas eles não levaram o aviso a sério. Por isso, os anjos levaram apenas Ló, sua esposa e suas filhas para fora da cidade (Gênesis 19:16-17).

Ló fugiu para uma cidade pequena chamada Zoar, para escapar da destruição. Os anjos avisaram para não olhar para trás, mas a mulher de Ló desobedeceu, olhou para trás e se tornou em uma coluna de sal. Deus enviou fogo e enxofre sobre Sodoma e Gomorra e somente Ló e suas filhas se salvaram (Gênesis 19:24-25).

Veja também: por que Sodoma e Gomorra foram destruídas?

A família de Ló

Ló teve medo de ficar em Zoar, por isso ele se mudou para uma caverna nas montanhas. Nessa época, uma mulher que não tivesse a proteção do pai, do marido ou do filho era muito vulnerável e não tinha futuro. Sozinhas na caverna, com o pai ficando idoso e sem possibilidade de casarem, as filhas de Ló começaram a se desesperar.

Um dia, as duas tomaram uma decisão drástica. Elas embebedaram seu pai e a mais velha teve relações com ele (Gênesis 19:31-33). Ló estava tão embriagado que nem percebeu o que tinha acontecido! Na noite seguinte, voltaram a embriagar o pai e a mais nova se deitou com ele. Assim, as duas cometeram incesto e engravidaram do próprio pai.

O filho da mais velha foi chamado Moabe e o filho da mais nova foi chamado Ben-Ami. Esses dois homens se tornaram os patriarcas de dois grandes povos: os moabitas e os amonitas. Muito tempo depois, os dois povos se tornaram inimigos dos israelitas, os descendentes de Abraão.

Ló era um homem temente a Deus mas vivia entre um povo completamente depravado. Sua família não seguiu nos seus passos. Ele perdeu sua esposa porque ela desobedeceu a Deus, e foi estuprado pelas filhas que cresceram em Sodoma. Sua história trágica terminou com o nascimento de dois povos violentos e pagãos. Ló escolheu servir a Deus mas sua família escolheu outro caminho.