Um crente pode ser possuído por um demônio?

Não, um crente não pode ser possuído por um demônio (pertencer ao demônio) mas pode ser influenciado por um demônio. Quando você aceita Jesus como seu salvador, você passa a pertencer a Deus, não mais ao mundo das trevas. Mas isso não significa que os demônios vão abandonar a casa sem dar luta. Muitas vezes, ficar liberto de demônios faz parte do processo de santificação na vida do crente.

Ter um demônio é sinal que a pessoa não está salva?

Não, uma pessoa pode ser salva e ter um demônio. Mas, ao contrário da pessoa não salva, esse demônio não tem direito de ficar dentro dela, porque pertence a Deus. Como a pessoa já é salva, o demônio não poderá destruí-la completamente mas causará o máximo de danos que conseguir.

O mais importante não é acusar alguém de não ser um cristão a sério por ter um demônio, mas ajudar essa pessoa a ficar liberta do demônio. Para isso, é importante orar, pedir perdão por pecados e mandar o demônio ir embora. Ficar discutindo teologia não vai ajudar seu amigo, é preciso seguir a direção do Espírito Santo e agir!

Atenção: libertar pessoas de demônios não é brincadeira. Procure sempre a ajuda e o aconselhamento de um pastor ou líder nessas situações.

Veja aqui: a Bíblia fala em nomes de demônios?

Como pode a luz conviver com as trevas?

Um argumento comum contra um cristão poder ter um demônio é o versículo “Que comunhão pode ter a luz com as trevas?” (2 Coríntios 6:14) e “Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!” (2 Coríntios 5:17)

  1. O contexto do primeiro versículo fala sobre associação com pessoas descrentes e as suas práticas erradas. Sendo salvos, precisamos ficar longe de coisas más, para não nos contaminarmos com pecado. Isso significa que podemos ser contaminados.
  2. Quando uma pessoa é salva, isso significa que seus pecados estão perdoados, não que nunca mais vai pecar. Mesmo cometendo erros durante a vida, o Espírito Santo mora dentro da pessoa. Isso é um milagre de Deus, que aceita habitar dentro de pessoas imperfeitas.
  3. Somos nova criação mas, por enquanto, ainda estamos dentro do velho corpo. Continuamos sujeitos a doenças, ainda pecamos às vezes e podemos ter demônios dentro de nós causando problemas. Felizmente, temos Jesus, que nos pode libertar!
  4. Um demônio é como uma lasca debaixo da pele: está dentro da pessoa mas não pertence lá e vai causar danos até ser tirado (à força).

Veja também: o que são demônios?

A Bíblia diz que um cristão pode ter um demônio?

A Bíblia não diz diretamente se um cristão pode ou não pode ter um demônio. Mas Jesus só expulsou demônios de quem vinha para Ele por ajuda. Jesus até deixou o aviso que expulsar um demônio de uma pessoa que não é crente pode causar ainda mais problemas! A casa não pode estar vazia, precisa de Deus (Lucas 11:24-26).

Expulsar demônios de quem não é crente pode causar problemas, porque a pessoa ainda “pertence” ao diabo. É melhor primeiro levar a pessoa para Jesus e só depois expulsar o demônio. A ordem das coisas é clara: salvação, depois libertação.