Um cristão pode ser budista?

Não, um cristão não pode ser budista, porque é outra religião. O Budismo tem algumas coisas boas mas seus princípios são incompatíveis com a Bíblia. Misturar religiões é má idéia.

Budismo é uma religião?

Sim, Budismo é uma religião, não é só um estilo de vida. Há muitos diferentes tipos de budistas, com crenças diferentes e que dão mais ou menos importância ao lado religioso, mas isso também acontece no Cristianismo. O Budismo tem alguns princípios que a Bíblia apóia, como a moderação e o domínio próprio. Mas a Bíblia avisa que não devemos praticar outras religiões, porque isso desagrada a Deus (Gálatas 1:6-8). Um cristão pode respeitar os budistas mas não pode ser budista. Ter duas religiões não é bíblico.

Leia aqui: o que é o Budismo?

Quais são as diferenças entre o Budismo e o Cristianismo?

Alguns princípios centrais tanto do Budismo como do Cristianismo que são impossíveis de reconciliar são:

  • Deus – o Budismo não ensina sobre a existência de Deus. Para os budistas não importa se Deus existe ou não, Ele não interfere no mundo. A Bíblia diz que Deus existe, criou o mundo e nos ama. Ele quer ter um relacionamento pessoal com cada pessoa, por isso interferiu no mundo de maneira poderosa, enviando Jesus (1 João 4:9).
  • Nosso destino – os budistas acreditam que quando morremos reencarnamos como outra pessoa ou criatura, de acordo com nossas ações na vida passada. Isso acontece muitas vezes até chegarmos ao estado de Nirvana, onde a identidade é completamente apagada e deixamos de existir como pessoas. A Bíblia ensina que só temos uma vida e que depois disso ou vamos para o Céu ou para o Inferno (Hebreus 9:27-28).
  • Salvação – para o budista, o caminho da salvação é tendo uma vida equilibrada e se desapegar de tudo no mundo. Isso ajudará a atingir o estado de “buda”, que é caminho para o Nirvana. Tudo depende do trabalho da pessoa ao longo de várias vidas e pouca gente chega lá. A mensagem da Bíblia é mais realista e positiva. É impossível anular todo o pecado da vida com boas ações, por isso Deus enviou Jesus para pagar o preço pelo pecado. Para ser salvo basta se arrepender e aceitar Jesus como seu senhor e salvador (João 3:16). Não precisa ficar preso em um ciclo eterno de reencarnação sem esperança.