Quem era o pai de Davi?

O pai de Davi era Jessé, filho de Obede e neto de Rute. Ele morava em Belém e teve oito filhos e duas filhas. A Bíblia fala pouco de Jessé.

Jessé era neto de Boaz, o marido de Rute, que era um homem rico e influente. Sendo seu herdeiro, Jessé provavelmente era abastado. Os seus três filhos mais velhos estavam no exército de Saul (1 Samuel 17:13). Como não havia alistamento obrigatório, isso provavelmente indica que eram guerreiros treinados, que só acontecia nas famílias mais ricas que podiam suportar os custos e comprar armas boas.

Quando Samuel veio a Belém para ungir um rei, ele convidou Jessé e seus filhos para um sacrifício, junto com as autoridades da cidade. Jessé, sendo idoso e neto de Obede, provavelmente era uma das autoridades da cidade também. Jessé levou todos os seus filhos menos seu mais novo, Davi, que estava trabalhando tomando conta das ovelhas. Ele apresentou cada um de seus filhos a Samuel mas Deus rejeitou todos, mesmo os guerreiros. Então Jessé mandou chamar Davi do campo e Samuel o ungiu na presença dos seus irmãos (1 Samuel 16:1-13).

Veja também: por que Deus escolheu Davi?

Mais tarde, Jessé deixou Davi trabalhar para o rei Saul como harpista. Durante a guerra contra os filisteus, Davi foi enviado por Jessé a seus irmãos, para lhes levar comida e trazer notícias da guerra ao seu pai (1 Samuel 17:17-19). Lá Davi ouviu o desafio de Golias e decidiu matá-lo. Quando Davi matou Golias, Saul ficou tão impressionado que não deixou Davi voltar para a casa de seu pai (1 Samuel 18:2). Davi passou a trabalhar a tempo inteiro para Saul.

Veja aqui a história do rei Davi.

Jessé já era idoso quando Samuel ungiu seu filho Davi como rei de Israel (1 Samuel 17:12). Ele provavelmente não viveu para ver Davi no trono, vários anos mais tarde.