O que é a sinagoga?

A sinagoga era (e é) o lugar de reunião dos judeus para adorar a Deus e aprender as Escrituras. As sinagogas serviam comunidades locais de judeus em todos os lugares onde moravam. Jesus e seus discípulos ensinavam nas sinagogas.

As sinagogas surgiram quando o povo judeu foi levado para o exílio. Antes, o templo era o único lugar de adoração e reunião dos judeus devotos a Deus. Mas, quando o templo foi destruído e o povo levado para a Babilônia, eles não podiam mais se reunir lá. Para não perder sua religião, os judeus criaram sinagogas, onde liam as Escrituras e louvavam a Deus.

Veja aqui: o que é o Judaísmo?

Em todos os lugares onde os judeus emigraram, eles abriam sinagogas. A sinagoga servia para unir os judeus e ajudá-los a não esquecer de Deus. Nas reuniões, eles adoravam a Deus com cânticos, liam as Escrituras e ouviam ensinamentos e exortações (Atos dos Apóstolos 13:15).

As reuniões das sinagogas normalmente eram presididas pelos rabinos (mestres da Lei, com educação teológica especial), mas outras pessoas também podiam dar seu contributo. Jesus ensinava nas sinagogas (Mateus 4:23). Mais tarde, no início da igreja, os discípulos proclamavam o evangelho aos judeus nas sinagogas.

A sinagoga também era um lugar de ensino. Crianças e jovens aprendiam a ler e escrever nas sinagogas e recebiam educação religiosa. Graças às sinagogas, até os judeus mais pobres tinham uma educação básica e conheciam as Escrituras. Os judeus continuam a se reunir em sinagogas até hoje.

Veja também: o que significa Rabôni?

A sinagoga e a igreja

A igreja foi criada com base no modelo da sinagoga. Tal como nas sinagogas, os primeiros cristãos se reuniam em certos lugares para louvar a Deus e aprender mais sobre a Bíblia. Os pastores e líderes ensinavam o resto da congregação e havia espaço para a participação de outras pessoas (1 Coríntios 14:26).

Assim como as sinagogas serviram para unir e encorajar os judeus, as igrejas serviram (e servem) para unir e encorajar os cristãos. Os cristãos foram expulsos das sinagogas (João 16:2) mas o exemplo da sinagoga foi muito importante na fundação da igreja.